CursosPÓS-GRADUAÇÃO

O curso de mestrado livre da Escola de Pós-Graduação do Seminário Concórdia visa propiciar a bacharéis e especialistas em teologia o estudo teológico em nível de pós-graduação que permita o domínio de uma área da teologia, em termos de método de trabalho e conteúdo, para que o indivíduo tenha um melhor desempenho na reflexão teológica, no ministério pastoral e no exercício de uma atividade docente. Outro objetivo é capacitar o futuro mestre a se movimentar com desembaraço no contexto da pesquisa teológica, sabendo relacionar, avaliar e desfrutar dos resultados dessa pesquisa.

Admissão
O curso de mestrado livre se destina a bacharéis e especialistas em teologia que tenham concluído seu programa com elevado grau de aproveitamento (toma-se como referencial a média oito (8,0); que dominem suficientemente a língua inglesa ou alemã; que tenham conhecimento de uma língua bíblica, hebraico ou grego; que tenham conhecimento de latim em caso de candidatos ao mestrado em Sistemática/História da Igreja. O candidato será submetido a um exame escrito na língua bíblica e na língua inglesa ou alemã, no qual deverá obter a nota mínima sete (7,0) para a aprovação. Os exames nas línguas deverão ser realizados antes que o candidato complete nove créditos. Na realização destas provas, poderá fazer uso de um dicionário. Eventualmente a escola pode oferecer cursos de atualização em línguas, sem contar créditos para o mestrado. Alunos com aprovação nestes cursos não necessitarão realizar o exame na língua correspondente.

Estrutura do Curso de Mestrado
Para obter o grau de Mestre em Teologia (M.S.T.), o candidato precisa somar 36 créditos. Serão considerados válidos créditos obtidos num tempo máximo de 10 anos anteriores à conclusão do programa. Os créditos são obtidos através de 11 disciplinas (33 créditos) e uma dissertação (3 créditos).

Dos 36 créditos requeridos, um total de seis créditos poderá ser obtido 
por meio do aproveitamento de disciplinas cursadas em programas de Aperfeiçoamento Pastoral oferecidos pelo Seminário Concórdia ou por transferência de outros programas de pós-graduação aprovados pela Escola de Pós-Graduação do Seminário Concórdia. Quatro disciplinas cursadas no Programa de Aperfeiçoamento Pastoral do Seminário Concórdia poderão ser creditadas como equivalentes a duas disciplinas de mestrado, desde que tenham sido ministrados por professor com titulação de mestre ou doutor e sejam complementadas com tarefas a serem administradas pela Escola de Pós-Graduação. Além disso, três créditos adicionais poderão ser obtidos por meio de um projeto de pesquisa independente, desde que previamente aprovado pela Escola de Pós-Graduação. 

Serão oferecidas três áreas de concentração: (1) Sistemática e História da Igreja; (2) Bíblia; (3) Teologia Prática. O aluno escolherá uma destas áreas e deverá completar no mínimo 18 créditos em sua área de concentração.

Dissertação
Após concluir um programa mínimo de oito disciplinas do curso, o candidato pode iniciar o processo de dissertação, quando deverá protocolar junto à secretaria do Seminário seu pedido de inscrição na dissertação.
O processo da dissertação será desenvolvido em três etapas:
(1) 
Proposta de tema; (2) Projeto de qualificação; (3) Dissertação.

Proposta do tema. A proposta do tema deverá contemplar os seguintes itens:
(1) Área de concentração;
(2) Tema geral;
(3) Delimitação do assunto;
(4) Título provisório da dissertação;
(5) Problema da pesquisa (pergunta a ser respondida na pesquisa);
(6) Objetivo geral (um) e objetivos específicos (três a cinco);
(7) Justificativa (em que o estudo é importante: razões de ordem pessoal,
teológica e eclesiológica);
(8) Metodologia (descrição do método de pesquisa a ser empregado);
(9) Referências bibliográficas (dez títulos, entre livros e artigos);
(10) Cronograma (planejamento de atividades e tempo de duração).

Projeto de qualificação. O projeto de qualificação, quando concluído,será apresentado a uma banca de professores, devendo ter entre 10 e 15 páginas, contendo os seguintes elementos:(1) título da dissertação;(2) proposta: um parágrafo inicial, relatando, de maneira objetiva, oque a dissertação espera demonstrar, e contendo, de maneira clara, oobjetivo geral e os objetivos específicos do trabalho;(3) a situação atual na pesquisa teológica: uma revisão bibliográficademonstrando que o candidato domina literatura teológica a respeitodo tema que está pesquisando; apontamento de lacunas e fraquezasda abordagem da literatura a respeito do tema; destaque dos pontosfortes da literatura que está sendo empregada na pesquisa, apontandoos principais textos que servirão de base para o desenvolvimento dotrabalho;(4) a dissertação no contexto da literatura teológica atual: de que formaa dissertação aprofundará, expandirá, ou proporá alternativas ao temaestudado, considerando a literatura atual; a dissertação pretende corrigir,aprofundar, suplementar ou suprir uma lacuna no tema pesquisado?(5) a metodologia empregada: descrição dos métodos de pesquisa edos recursos que serão utilizados para a elaboração da dissertação;(6) o resultado a que se pretende chegar: descrição clara da contribuiçãoque a dissertação trará para a temática estudada;(7) esboço detalhado, com os títulos dos capítulos e alguns parágrafosque demonstrem que o candidato tem, a essa altura, clareza quanto aoconteúdo a ser abordado na dissertação;(8) referências bibliográficas.

Redação da dissertação. A dissertação será escrita na área de concentração escolhida pelo candidato, obedecendo a critérios científicos de redação e documentação, conforme diretrizes da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). A Escola de Pós-Graduação indica o professor orientador e um professor leitor da dissertação. Outro professor leitor será escolhido pelo candidato entre teólogos da IELB ou de igrejas irmãs que tenham grau de mestre ou doutor. Para ser aprovada, a dissertação precisa revelar: 
a) pesquisa acadêmica independente;
b) análise profunda da temática;
c) capacidade crítica por parte do mestrando;
d) argumentação clara;
e) congruência com a sã doutrina, conforme as Confissões Luteranas.

A dissertação completa será entregue em três vias, seis semanas antes da data prevista para a colação de grau. Até esse prazo, o candidato também deverá protocolar junto à secretaria do Seminário seu pedido de inscrição para a Banca de Defesa de Dissertação de Mestrado. O candidato fará uma apresentação pública de sua dissertação numa data não posterior a duas semanas antes da colação de grau. A colação de grau dar-se-á na solenidade de formatura subsequente ao término do programa pelo candidato.

Exame Final Abrangente
Durante o programa, em data específica e até cinco semanas antes da colação de grau, o mestrando prestará um exame final abrangente por escrito, em sua área de concentração. O exame terá a duração de três horas. O candidato deverá obter a nota mínima sete (7,0) para a aprovação no exame. Caso reprovado, o candidato poderá repeti-lo uma vez. 

Formatura
O candidato que tiver completado todos os requisitos do Programa de Mestrado Livre da Escola de Pós-Graduação do Seminário Concórdia é convidado a participar da cerimônia de formatura do Seminário. A inscrição para este evento deverá ser feita na secretaria do Seminário com
uma antecedência mínima de duas semanas.

Recursos Humanos
A Escola de Pós-Graduação do Seminário Concórdia conta com todos os pastores da Igreja Evangélica Luterana do Brasil ou igreja irmã que tenham grau de Mestre ou Doutor em Teologia. As disciplinas e professores são escolhidos anualmente pelo Conselho Acadêmico.

Entre em contato conosco

Avenida Getúlio Vargas, 4388, B. São João Batista, São Leopoldo, Rio Grande do Sul - 93022-422

Mantenedora

IELB logomarca
© Todos os direitos reservados - Seminário Concórdia.

Search